Recursos da série M-5000 Roland

Diversos recursos intuitivos em resposta direta às necessidades do engenheiro de som

Ajuste de três entradas por canal, com suporte completo para backup

 

Três entradas podem ser ajustadas em cada canal de entrada do console: entrada primária (IN), alternativa (ALT) e entrada de track (TR). Por exemplo, endereçando o microfone de voz principal para "IN" e o microfone de backup para "ALT", você pode comutar imediatamente na tela CH EDIT, caso haja falha no microfone. O endereçamento para "TR" também fica disponível para áudio de backup, assim como para gravação ou ensaio/reprodução virtual usando o Roland R-1000. Permite gravar um ensaio e fazer facilmente um patch no track usado previamente. Junto com os ajustes individuais da janela CH EDIT, o sistema também suporta uma mudança global via ajustes de "scene".

Ajuste mono/estéreo para canais de input/output

 

Os canais de Input e output podem ser ajustados em mono ou estéreo no modo de edição de canal. Canais usados em estéreo ,podem ser usados como par estéreo para entrada, não apenas como canais adjacentes.

Seções de dinâmicas e EQ com Sequencia Customizada

 

Os dois blocos dinâmicos podem ser usados simultaneamente, permitindo, por exemplo, um compressor em um estágio inicial e um de-esser mais adiante. A sequência das seções dinâmicas e de EQ também pode ser reordenada.

 

 

 

Controle de volume, equalização e delay de sinal tanto em inputs quanto em outputs

 

Canais de Input, AUX, Matrix, Group, e Main Out podem ser alterados entre mono e estéreo. O fluxo de sinal para cada um destes, é fornecido com filtros de graves e agudos, duas seções de controle dinâmico independentes  (com Compressor, Gate, Expeer, Ducker, e Limiter selecionável para cada um), e um equalizador de 4 bandas paramétrico e um delay de sinal. Processamento completo de áudio é realizado não apenas nas entradas do stage, mas também nas saídas. Os pontos de inserção de efeitos podem ser tanto antes, como depois dos blocos de controle dinâmico e EQ.

Função de Link de canal permite ajustar até 12 grupos

 

A função Channel Link permite associação de parâmetros entre múltiplos canais. Os canais são associados usando a janela CHANNEL LINK e escolhendo um grupo LINK, depois registrando sucessivamente cada canal pressionando o botão SEL acima do fader correspondente, possibilitando mudar os parâmetros de edição em conjunto. Os parâmetros associados podem ser registrados para cada grupo, permitindo operações como associação individual de EQ, controle de volume e outros parâmetros, ou usar a opção ALL para sincronizar todos os parâmetros, permitindo ajustar parâmetros de diversos canais em uma única operação.

 

Ajuste existentes para LINK PARAMETER:

GAIN / FILTER / DYN1 / DYN2 / EQ / DELAY / DIRECT / SENDS / ROUTE / PAN / MUTE / FADER

Main Out suporta surround 5.1, LCR, e LR. Pan de surround interno e downmix estéreo

 

Como nos canais de input, o bus Main Out tem dois blocos de controle dinâmico e EQ, que podem ser ligados ou desligados. A inserção de efeitos também pode ser ajustada. Além disso, as opções de 5.1 surround, LCR 5.1, e LR podem ser indicadas como destino de saída ,e downmix estéreo simultâneo pode ser enviado quando você estiver no modo 5.1. A saída 5.1 também aceita pan surround, e no uso da saída LCR , LCR PAN pode ser usado para ajustar o balanço de saída para esquerda, centro e direita.

Saída de monitor com suporte de surround de 5.1 canais

 

Como no Main Out, a saída monitor output tem dois tipos de buses: Monitor 1, que suporta surround 5.1, Monitor 2, compatível com estéreo. Para a monitoração em 5.1, delay individual  e uma função de alinhamento, que também permite ajuste de volume, está presente para LCR, LEF, Ls, e Rs. Além disso, Monitor 1 e 2 tem circuito Insert em cada um deles. Um ambiente com monitor plano pode ser criado endereçando os equalizadores gráficos para os monitores.

Bus interno para sub grupos

 

O M-5000 está equipado com bus para subgrupos usando POST Fader, para mandar o sinal a partir dos canais desejados. Como em outros buses de saída, os ajustes Dynamics, EQ, Delay e Efeitos Insert podem ser usados para ajustar o som.

 

Função Mix-Minus

 

O M-5000 tem a função Mix-Minus (minus one), indispensável para graver, e alimentação de retransmissão. O número necessário de saídas pode ser ajustado como desejar.

24 DCAs

 

O M-5000 inclui 24 DCAs. São úteis quando estiverem sendo controlados globalmente, um grande número de canais de entrada, como uma seção de cordas ou uma seção de percussão.

 

 

8 grupos de MUTE

 

Oito conjuntos de grupos MUTE estão disponíveis. Registrando estes grupos na área de endereçamento do usuário, fica fácil mutar ou desmutar com um único toque em um controle.

8 multiefeitos estéreo

 

O M-5000 tem um total de oito multiefeitos estéreo para entradas e saídas. Estes efeitos podem ser inseridos e usados em qualquer ponto dos canais de entrada, qualquer AUX, Matrizes, grupos, e nas saídas Main Outputs. Os multiefeitos incluem Digital Reverb, Delay, Multi-be Compressor, e Dynamic EQ, e são modelados nos processadores de efeito de ponta da Roland que incluem: SRV-2000, SDE-3000, SDD-320, RE-201, CE-1, SPH-323 e SBF-325. Além destes, os efeitos Distortion e Delay (digital e analógico) modelados a partir dos pedais compactos BOSS, também estão presentes.

Dois sistemas Solo que podem ser alternados

 

A alimentação do monitor é feita com dois buses solo estéreo. Por exemplo, Solo 1 pode ser usado para palco e alto-falantes de monitoração, e Solo 2 pode ser usado para monitoração “in-ear”. Solo 1, Solo 2, or Solo 1+2 podem ser selecionados. Os bus de fones de ouvido também pode escolher entre Monitor 1 e 2 para usar o sinal de monitoração e os recursos dedicados de delay. Desta forma, pode ser feito o alinhamento do som com o FOH e com outras configurações.

 

Função Solo In Place

 

Roland M-5000 Solo In Place buttonPressionando e mantendo pressionado o botão Solo In Place por pelo menos dois segundos, você ativa esta função. Ativando o solo em um canal de entrada durante o Solo In Place, muta os outros canais de input e output e apenas o canal de entrada de solo-on vai para o destino do roteamento.

32 equalizadores gráficos e paramétricos

 

Equalizadores gráficos e paramétricos são independentes dos multiefeitos. Até 32 equalizadores podem ser usados simultaneamente. Usando Channel Link para as entradas, os ajustes de equalização gráfica e/ou paramétrica podem ser alterados ao mesmo tempo.

 

Dois analisadores de áudio

 

Dois analisadores de áudio 31-band estão presentes, no console e no RCS dedicado. Cada um pode ser endereçado não apenas no bus de saída desejado, mas também para os inputs.

 

Layout do sistema usando os modos internos REAC master/slave

 

OHRCA tem o modo slave além do modo master. Isto faz com que a transmissão das entradas e saídas de áudio seja possível entre dois consoles OHRCA , M-480, M-300, M-200i, ou outros V-Mixers. Os ajustes permitem que a entrada do console master use a saída do deck slave ou vice versa.

Controle externo usando GP I/O

 

O painel traseiro está equipado com oito conectores de entrada GP I/O  (incluindo 3 conectores TRS) e 12 GP I/O de saída para controle externo. Ajustes com trava ou momentâneos, podem ser usados. Estes conectores podem ser usados para ativar reprodução de CD pelo fader e evitar operações incorretas em apresentações ao vivo. Também possibilitam uma ampla gama de controles, incluindo ajustes de tempo de delay por "tap" ligar/desligar do alto-falantes de montitoração  usando chave externa, interrupção do monitor com  dimmer durante talkback, e outros recursos.

Roland M-5000 Footswitch and GP I/O Ports

Ajustes de Talkback para até 3 posições

 

Três sistemas de Talkback estão presentes como destino de saída, tornando a comunicação possível a partir de três posições, como por exemplo FOH e a posição de monitor, assim como também entre  FOH e um veículo de retransmissão. Durante o retorno de talkback, a chave TALK desejada pode ficar piscando para indicar a origem da chamada. Além disso, a intensidade de redução do volume realizada pela função Monitor Dimmer durante o talkback pode ser ajustada individualmente para Monitor 1 e Monitor 2.

Roland M-5000 Talkback Strip

Diversas interfaces de controle internas, incluindo RS-232C, MIDI, e Remote

 

OHRCA oferece suporte completo para RS-232C, MIDI, e outros sistemas de comando. O conector Remote permite operação remota por conexão LAN a partir de computador Windows ou Mac, usando o programa RCS.

 

Suporte para entrada e saída de sinal word clock

 

Roland M-5000 Word Clock Ports

 

Este console também está equipado com um conector para sinal word clock, essencial para configurações de sistemas que usam diversos aparelhos digitais.

Roland M-5000 RS-232C,  MIDI and LAN Ports

Roland M-5000 Light PortConector para lâmpada de iluminação local

 

O console tem um conector XLR-4-31 com alimentação para lâmpada tipo pescoço de ganso (DC 12 V/500 mA).

Controle Remoto e Gravação

M-5000 Remote Control Software On Mac

Programas de Controle Remoto

 

O RCS do M-5000 oferece controle em tempo real por controle remoto do M-5000 e M-5000C a partir de um Mac ou PC conectado. Mais que apenas um editor externo offline, ou conexão de monitor externo. O programa de controle remoto permite a criação de personalização completa e extensão completa do console, suportando controle independente pelo mesmo operador ou por um segundo operador.

M-5000 Remote Control Software On Mac
iPad with M-5000 Remote Control Software

Controle Remoto usando um iPad

 

O app dedicado M-5000 Remote permite a portabilidade definitiva para os diversos recursos  caracterísitcos de mixagem do M-5000. São três métodos de conexão que você pode usar para conectar o iPad: a) cabeamento usando um conector Dock, b) através de um roteador conectado à porta LAN, ou c) conexão ad-hoc direta usando um adaptador USB LAN sem fio. E quando o dock estiver conectado, gravação e reprodução estéreo pode ser feita no iPad.

 

M-5000 Remote Control Software IconM-5000 Remote

App dedicado do iPad para Controle Remoto. Download  gratuíto na Apple Store.

 

 

Configuração de solução para mixagem/monitoração pessoal

 

A mixagem/monitoração pessoal para cada músico pode ser conseguida usando M-48 personal mixer com seus 40-canais de mixagem.

Monitoração do engenheiro de som

 

Para a monitoração do engenheiro de som usando o M-48 Personal Mixer, o M-5000 oferece a função Engineer's Monitor que espelha o que ocorre nos  M-48 dos músicos, permitindo que o engenheiro de som verifique a mixagem e ouça exatamente o que o músico está ouvido. O M-5000 permite selecionar a porta REAC A ou B para alimentação da monitoração, e uma unidade M-48 pode ser conectada diretamente à porta de backup do M-5000, que tem a função Embedded Power.

 

Roland R-1000 with Roland M-48

M-48 Personal Mixer being used an an Engineer's Monitor, powered by the Backup port.

Roland M-5000 USB Ports
ASIO Logo

Uma interface de áudio USB 16x16

 

O Roland M-5000 oferece uma função de interface de áudio USB que habilita 16 canais de gravação e 16 canais de playback usando um software DAW.

Grave e reproduza usando um R-1000

 

Conectando um Roland R-1000 você pode reproduzir e gravar até 48 canais (em 48kHz, 24 canais em 96kHz). Isto permite que o operador colocar a saída do R-100 em standby e o SUB input (TR) no M-5000 para ensaios virtuais, redundância ou reproduzir trilhas. E mais, unidades podem ser empilhadas e sincronizadas para mais trilhas (ex: 2x R-1000 oferecem 48 trilhas em 96kHz).

Roland R-1000 48-Channel Recorder/Playback

Roland R-1000 48 Track Recorder/Player

Voltar ao Topo

© 2018 Roland Corporation